segunda-feira, 25 de março de 2013

Discípulas de Jesus - Cris Bandeira

Culto da Mulheres - 20/03/2013.


Pra. Elaine Torquato


"13. O coração alegre aformoseia o rosto; mas pela dor do coração o espírito se abate. 14. O coração do inteligente busca o conhecimento; mas a boca dos tolos se apascenta de estultícia. (Provérbios 15:13-14)"

vs. 14. Disposição de agir de forma diferente.

"O homem alegra-se em dar uma resposta adequada; e a palavra a seu tempo quão boa é! 
(Provérbios 15:23)"

"O coração alegre serve de bom remédio; mas o espírito abatido seca os ossos. 
(Provérbios 17:22)"

Coração abatido traz doença aos ossos.

Como espelho, refletimos a glória do Senhor.

A Pastora Elaine disse para não ficarmos tristes, desanimadas, abatidas e colocar tudo diante de Deus e buscar a alegria no Senhor. Nós cristãs, que temos intimidade com Deus, que temos o Espírito Santo, que oramos, que lemos a Palavra de Deus, não temos motivos para ficar tristes. As pessoas no mundo tem que ver a alegria do Espírito Santo de Deus que vive em nós. Como iremos levar esperança às pessoas se nós mesmos não estamos vivendo uma vida diferente?


Cristina Bandeira

Nossa querida irmã Cris Bandeira, nos trouxe uma dinâmica para nos fazer uma reflexão sobre unidade. Muito interessante.


DINÂMICA DA BALA


 Objetivo: estimular o trabalho em equipe;
  • Materiais: uma bandeja e balas de acordo com o número de participantes. As balas devem ser colocadas dentro da bandeja;
  • Procedimento: forma-se um círculo.
Diga então aos participantes:

- Vocês terão que chupar uma bala, só que não poderão usar as mãos para desembrulhá-la, tampouco para levá-la à sua boca.

Esta dinâmica aguçará a curiosidade dos participantes que, por sua vez, buscarão os modos mais diversos para concretizá-la.


Moral da história: Não pode pegar a bala com as próprias mãos, pode usar qualquer outra forma, menos as próprias mãos. Nós poderíamos ter usado as mãos das nossas colegas. A mensagem da dinâmica é que precisamos nos ajudar umas às outras mutuamente.


Dorcas


DORCAS – mulher caridosa E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia" (Atos 9:36). Dorcas significa gazela e a Bíblia nos diz que ela era uma discípula e sua caridade nos é referência até hoje. Uma mulher de grande coração, de uma alma amorosa que não fazia distinção de pessoas, que acolhia a todos porquelma era caridosa. E é assim que uma mulher cristã deve ser: uma mulher caridosa, amorosa, acolhedora, que ajude aqueles que lhe procuram. Vocês irmãs casadas, devem ser referência também para vossos maridos, que vocês, sejam um complemento na obra de seus esposos, os ajudando e os auxiliando; que nós analisemos a atitude de Dorcas e apliquemos em nossas vidas de mulheres cristãs.  






"Em Jope havia uma discípula chamada Tabita, que em grego é Dorcas, que se dedicava a praticar boas obras e dar esmolas. Naqueles dias ela ficou doente e morreu, e seu corpo foi lavado e colocado num quarto do andar superior. '
Lida ficava perto de Jope, e quando os discípulos ouviram falar que Pedro estava em Lida, mandaram-lhe dois homens dizer-lhe: "Não se demore em vir até nós". 
Pedro foi com eles e, quando chegou, foi levado para o quarto do andar superior. Todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando-lhe os vestidos e outras roupas que Dorcas tinha feito quando ainda estava com elas. 
Pedro mandou que todos saíssem do quarto; depois, ajoelhou-se e orou. Voltando-se para a mulher morta, disse: "Tabita, levante-se". Ela abriu os olhos e, vendo Pedro, sentou-se. 
Tomando-a pela mão, ajudou-a a pôr-se de pé. Então, chamando os santos e as viúvas, apresentou-a viva. 
Este fato se tornou conhecido em toda a cidade de Jope, e muitos creram no Senhor. 
Pedro ficou em Jope durante algum tempo, com um curtidor de couro chamado Simão. (
Atos 9:36-43)"


A Cris Bandeira trouxe para nós a história de Dorcas, uma mulher bondosa, sensível e carinhosa e perguntou: 

  • "Quantas de nós tem sido sensível para ouvir a voz do Senhor?"
  • "O que temos feito com as pessoas que estão passando por necessidades?"
  • "Você tem feito diferença onde você está?"

Dorcas marcou história onde ela estava. Ela era a primeira discípula de Jesus. "Temos sido mulheres sábias que andam nas ruas e são reconhecidas como discípulas de Jesus?" Não podemos perder oportunidade e falar de Jesus para as pessoas.
Dorcas deixou a marca dela porque quando ela morreu, todas as pessoas choraram. 
"Por onde nós temos passado, nós temos deixado o Senhor transparecer na nossa vida?" Nós temos que andar vivendo como discípulas do Senhor. As pessoas estão clamando pela paz do Senhor.

Testemunho da Cris Bandeira: Um certo dia ela estava voltando para casa com seu esposo tarde da noite e avistou uma mulher sentada na beira da rua muito triste e a Cris sentiu que deveria voltar para conversar com aquela mulher. A moça estava ali angustiada e procurando um jeito de acabar com a sua vida porque para ela não tinha mais solução. A Cris conversou e orou com aquela moça e no final ela desistiu de se matar e voltou para casa.

"Quantas de nós já tivemos oportunidade de ajudar alguém assim, e não fizemos?"

Frases:

“Eu não posso impedir que os pássaros voem sobre minha cabeça, mas posso impedir que eles façam ninhos nela…” (Martinho Lutero)

"Servo que não serve não serve pra nada"

"Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade; Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo; 
Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa.  (
Efésios 1:11-13)"

Temos que ser conhecidas como discípulas do Senhor.


"Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. (Provérbios 3:5)"


Rua Alexandre Wisocki, 690 - Fazenda Velha (CSU) - Araucária -  PR




Franci Halat - Mídias Sociais















Nenhum comentário:

Postar um comentário